top of page
  • Graziela Brum

A IMPORTÂNCIA DA RESIDÊNCIA ARTÍSTICA NA CONSTRUÇÃO DA VOZ ORIGINAL


Existem muitos caminhos possíveis aos que buscam desenvolver uma habilidade artística. É comum o artista se aproximar do objeto de estudo, praticar técnicas, tomar aulas e trocar experiências com outros profissionais com o objetivo de encontrar seu próprio caminho. Nessa ciranda de atividades, a Residência Artística tomou um destaque importante, pois coloca o artista diante de questões imprescindíveis na busca da própria voz do projeto. As experiências proporcionadas pela Residência Artística e Literária na Floresta Amazônia, em Campo de Heliantos, possibilitam diferentes encontros que conduzem a caminhos originais.


Na floresta Amazônica, na residência artística, o artista tem o contato com a maior diversidade da fauna e da flora no planeta, com a ancestralidade de seu povo e suas diferentes culturas. A imersão na Residência Artística Campo de Heliantos utiliza a floresta como suporte em vários sentidos, não é apenas o encontro com uma paisagem diversa, mas também com diferentes sons, fragrâncias, movimentos; um campo aberto aos inúmeros processos criativos. Uma das imersões artísticas que se destacam na busca da originalidade de um projeto é o Travessias Poéticas, que traz experiências dentro da Floresta Amazônica e no Rio Tapajós.




A RESIDÊNCIA ARTÍSTICA TRAZ UM CAMINHO AUTORAL

Um artista em residência toma seu tempo em atividades bem diferentes daquelas que costuma praticar quando está na correria de um grande centro urbano. O próprio som da floresta já é uma experiência que evoca sentidos e desperta processos criativos. Não há silêncio em Campo de Heliantos. É o som da ave, do macaco, dos próprios galhos das árvores ao encontrar o vento. Em cada minuto, há uma descoberta e uma nova forma de conexão com a floresta. Na residência artística em Campo de Heliantos, os artistas são estimulados a praticar a liberdade de produção. Iniciar o processo sem o compromisso de executar a obra, mas com a mente aberta ao que está por vir. Deixar de lado as expectativas, as técnicas e tudo aquilo que encaixa num formato estabelecido e reaprender os caminhos. Esta forma de conduzir pode trazer muitas surpresas ao artística que se depara com a liberdade de criar.



RESIDÊNCIA ARTÍSTICA TRAVESSIAS POÉTICAS

É importante mencionar a residência artística Travessias Poéticas como uma das experiências mais interessantes para quem quer encontrar uma forma original de fazer arte. A capacidade de despertar novas fontes de inspiração, novas formas de construir arte pela valorização do processo criativo é um dos objetivos dessa residência. Todos artistas procuram caminhos que possam criar seu próprio jeito de existir, uma forma original de narrar o mundo pela arte, a Residência Artística Campo de Heliantos, sobretudo, o programa de residência Travessias Poéticas traz as provocações necessárias que levam o residente a aprofundar a pesquisa e despertar novos desejos.




GENIPAPO ABSOLUTO

Um dos momentos mais esperados dessa imersão é a festa do Genipapo Absoluto que trabalha diferentes tipos de perspectivas artísticas com o corpo. Não somente a escrita, mas a música, os movimentos, as pinturas corporais, as oficinas de invenção e os saberes das ervas somam-se a inúmeras atividades de criação e tornam este momento muito especial. A imersão Travessias Poéticas ocorre on-line e presencial. Neste ano o encontro acontece do dia 7 ao dia 14 de agosto, com 7 dias de duração. O grupo de Residência Artística traz a presença de mestres da comunidade e da academia do estado do Pará, com a Curadoria da poeta Graziela Brum, unindo saber em rodas de conversas e atividades dentro da Floresta Amazônica.

Comments


bottom of page